Skip to content

Teatro Melbourne, espelho da cidade

19/11/2010

Cidades crescem de maneira organica  e, enquanto algumas áreas prosperam e proguidem, outras áreas, sem dúvida, se deterioram ao longo do tempo. Alguns projetos chegam a refletir essa ordem que flutua ao sabor de inumeras variantes do mercado, da estrutura da cidade, das forças que constroem e destroem espaços e história nas grandes cidades mas também são capazes de impor uma nova ordem local, revitalizando áreas antes deterioradas.

Ashton Raggatt McDougal (ARM) arquitetos projetou o Melbourne Theatre Company ajudando a transformar a antiga área de Southbank até então abandonada ajudando a se tornar o distrito revitalisado de hoje.
 

 
O projeto para o Teatro Melbourne  começa com a fachada dramática: aço que forma formas geométricas tridimesionais cantos e curvas contra o revestimento de alumínio preto – exatamente como um ator traz o desempenho para a vida em um cenário escuro. O interior é composto pelo Teatro Sumner, uma sala de 500 lugares,  sem balcões ou o espaço do mezanino. O elemento mais marcante no interior do teatro é o principal de Wall Word – 70 citações de peças diferentes são iluminadas quando as luzes do palco são apagadas.

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: