Skip to content

Praça não é um retalho de malha urbana

26/03/2010

As praças de São Paulo e de outras grandes cidades do Brasil são meras sobras de espaços deixados pelas vias de circulação de veículos. Com excessão dos grandes parques, a maioria das praças são resultado dos restos deixados pelos desenhos das ruas e avenidas. A cidade trata mal o cidadão que anseia por áres livres para seu lazer e convívio.

Um exemplo de praça que é bem projetada é a Praça Victor Civita. Lá não há apenas árvores e banquinhos, mas há também equipamentos para diversos usos e qualidade de espaço.

obra: praça Victor Civita

autor: levisky arquitetoe associados

veja mais em: www.leviskyarquitetos.com.br

3 Comentários leave one →
  1. 26/03/2010 17:41

    Para complementar o assunto, indico a matéria Qualidade de vida e parques urbanos http://www.auesolucoes.com.br/revista/default.aspx?CodRev=69&CodNot=723.

  2. 26/03/2010 18:02

    Obrigado pelo comentário.

    Vi o texto indicado. Muito legal! Áreas verdes são necessárias, áreas livres também, mas é importantíssimo equipar esses espaços para que cumpram sua função social, muito bem colocado na matéria.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: